terça-feira, 23 de setembro de 2014

Pescador mata professora na frente de alunos em Baía da Traição

"Educadora lecionava para os pequenos, quando o suspeito invadiu a residência e a matou."


Na tarde desta terça-feira (23), um crime de homicídio chocou a cidade praieira de Baia da Traição, no Litoral Norte paraibano. A Polícia Militar procura um pescador suspeito de ter assassinado a ex-mulher com pelo menos 4 golpes de faca peixeira.
Conforme a PM, a professora Adalcida Alves de Spusa, de 47 anos, dava aulas de reforço para crianças quando foi surpreendida pelo ex-companheiro. Até o momento, o acusado foi identificado pelo pré-nome de Francisco, popularmente conhecido por Neguinho.
“Ele foi até a casa dela e a matou enquanto dava aulas de reforço na sala da residência onde morava. Os alunos que estavam no local assistiram ao crime”, disse o Capitão Alberto Filho, comandante da 2ª CIPM de Mamanguape.
Segundo informações, vítima e acusado, estavam separados há oito meses. Adalcida teria começado um novo relacionamento há cerca de uma semana. Ainda de acordo com a polícia, o pescador insistia para reatar, mas ela não aceitava e ele passou a ameaçá-la.
Logo após o crime, Neguinho teria fugido de barco. “Ele está sendo procurado e, pode ser localizado a qualquer momento”, finalizou o policial.

Acusado, Francisco (Neguinho).

Fonte: PBVALE
Da redação 
Com informações da PM