domingo, 14 de fevereiro de 2016

Índio é morto a tiros na Aldeia Jaraguá, em Rio Tinto; ‘veja imagens’

Testemunhas disseram que vítima se envolveu em briga antes do crime
Testemunhas disseram que vítima se envolveu em briga antes do crime
O indígena Everaldo de Barros da Silva, de 27 anos, foi morto com pelo menos dois disparos de revolver, na noite deste domingo (13), na Aldeia de Jaraguá, em Rio Tinto. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas relataram que a vítima se envolveu em uma discussão com outros dois amigos em um bar, no Pavilhão da comunidade.
O crime ocorreu por volta das 21h30. Após uma discussão, a vítima teria ido a sua residência para se armar e ao retornar para o local foi surpreendido pelos disparos. Everaldo ainda tentou correr, chegando a cair a 200 metros do pavilhão, já sem vida.
“Segundo informações, foram dois cidadãos aqui da comunidade. Houve discussão e eles chegaram em atrito”, relatou o sargento Dutra da Polícia Militar, sem revelar os nomes dos suspeitos.
A Polícia informou ainda que a briga foi motivada por uma ‘rixa antiga’, e que, tanto os envolvidos no assassinato como a vítima, já tem passagem pela polícia.
O Gemol e o Instituto de Polícia Científica foram acionados para a remoção do corpo e os exames periciais. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da 7ª Delegacia Seccional da região do Vale do Mamanguape.

Índios Potiguara da Paraíba em Foco

Via: redação, PBVale