domingo, 22 de janeiro de 2017

Vídeo: Governo do Estado abandona Escola em Rio Tinto, que ameaça desabar


Madeiramento da escola é da década de 40 e teto corre risco de desabar.
A reportagem do Paraíbaki esteve presente nas dependências da Escola Estadual Guilherme da Silveira, localizada na Vila Regina em Rio Tinto. A Escola, que está localizada em uma área indígena, está prestes a desabar e é de responsabilidade do Governo do Estado da Paraíba. A situação é deplorável e ninguém faz nada.

Teto frágil e com a estrutura perto de desabar, salas de aulas sujas, lousas com fezes, cadeiras e equipamentos quebrados, geladeiras sem portas, sala de aula quase ao ar livre e até uma máquina de costura dentro do banheiro são algumas das irregularidades e depredações ao patrimônio encontradas na escola do estado.

Confira o vídeo:



A direção da escola comunicou que vem lutando junto aos órgãos responsáveis desde 2013, mas que todas as tentativas não obtiveram resultados positivos. O caso já foi encaminhando ao Ministério Público pela própria direção da escola, que aguarda por alguma providência. 

No final de 2015 a escola foi fechada para reformas após vários pedidos feitos à regional de ensino do Vale do Mamanguape. A obra tinha um período de conclusão para antes do inicio do ano letivo de 2016, porém a reforma passou do prazo e parou. 



Ensinando Fiado


A obra parou e os alunos precisavam de um local para aulas, o governo do estado, por sua vez, alugou uma residência próxima à escola, que funcionou como 'escola provisória' durante todo o ano de 2016. No entanto, o governo não pagou à dona da residência as parcelas pelo aluguel da casa e a mesma se negou a ceder o espaço para ser utilizado novamente neste ano.

A direção da Escola Guilherme da Silveira está muito preocupada com a situação e conta que o início das aulas estão previstos para o mês de fevereiro, e até agora não tem nenhuma resposta por parte do governo do estado sobre alguma previsão de reforma da escola.

Em entrevista à reportagem do Paraíbaki a equipe da secretaria da escola informou que não sabe mais a quem pedir ajuda, e que, as mães e pais de alunos estão deixando de matricular seus filhos na escola por medo e, pela mesma, não oferecer uma mínima qualidade estrutural para o ensino dos alunos.
Estrutura da escola está em péssimo estado

Rio Tinto atualmente conta com um Prefeito e vários vereadores ligados ao grupo Ricardista que detém o poder e influência de cargos e gestão do governo do estado em Rio Tinto, porém, mesmo com todo esse poderio em mãos nada foi feito para beneficiar os alunos da Vila Regina que precisam de uma escola em boas condições.

Pais de alunos pedem uma medida urgente para que seus filhos possam estudar com dignidade e relatam que a escola não pode continuar da forma calamitosa que se encontra.


Índios Potiguara da Paraíba.Com

Com Paraíbaki - da redação - Paraíbaki